sexta-feira, 4 de julho de 2008

Sexta-feira, louvadoseja.

A TPM impera.
E tem como aliada essa dieta chata que me deixa ainda mais irritada e impaciente e intolerante.
Ontem, fiquei na cama sem conseguir, tendo pensamentos destrutivos e mandando sms´s do mal.
Nem a Internerd me distraiu, nem o livro da detetive, nem todos aqueles canais.
Fiquei ali, concentrada na minha própria existência, no lado negativo, claro.
E olhe que antes de chegar em casa teve carona-feliz, passei lá em Glória pra fazer a sobrancelha e descobri que perdi 3 quilos.
Tomei sopa, fiz mini-compras, telefonei pra fofocar, telefonei pra contar as novidades...
Quer dizer, nada indicava o terror.
Tá, quebrei a unha, mas venhamoseconvenhamos, não condiz, não cabe, não justifica.
E sozinha em casa, hein?
O que não ajuda.
Mas, sobrevivi e hoje é sexta-feira.
O que significa que amanhã é sábado e poderei acordar muitas horas mais tarde.

De bônus, que também sou Filha de Deus, talvez - mas, só talvez - tenha a companhia do menino mais bonito.

3 comentários:

Aline disse...

Eu olho pra tudo isso e vejo tanto. Entendo tanto.
Porque eu também não sei. Nem imagino. Mas é.
Mas é sexta.

E pra você. Ele vem. Sei que vem.
(Vem pra aí, não é uma coisa tão comum de se dizer, mas também não podia dizer vai, que não é.)

Briza disse...

tão linda tu, aline.

l u a . disse...

vim da terra da garôa.
te tenho dois amigos comuns, daqui.
que eu bem nunca soube como chegaram aí.