quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Três minutos e meio.

A culpa é do sol que faz nessa cidade. Desbota as cores, queima a pele e faz a camisa da menina grudar nas costas de tanto suor. Vento não há. Nem perto do mar. Só no apartamento dela, onde falta água.

2 comentários:

Lilian Dalledone disse...

Não podia deixar de te dizer que o que escreves é lindo lindo lindo lindo...

Amei!

Melissa disse...

Saudade daqui.


bjão.