quinta-feira, 13 de agosto de 2009

Plaft.

Olhando assim, ninguém diz que está quebrado.
Tinha que ver muito de perto pra saber.
Tinha que tocar até.
E faz tempo que não deixo.
Porque não interessa a mais ninguém, além de mim.
E mesmo eu, não posso fazer mais nada agora.
Quebrou, partiu, não tem mais jeito.
Mas, a vida segue e a gente segue junto como se estivesse inteiro.

5 comentários:

Dani disse...

posso te contar baixinho um segredo? isso conserta...
você vai ver... :)

mirella disse...

identifico tanto. mas tanto.
um bêjo.
=*

Lubi disse...

pôxa.
achava que você não tava mais atualizando o blog.

Katrina disse...

uma cola ajuda a juntar os cacos, mas as marcas continuariam visíveis

Aline Gianasi disse...

[identifico tanto. mas tanto.]

chega a doer.