terça-feira, 18 de março de 2008

Aprendizados.

Ele vai, mas fica na lista rabiscada de coisas pra casa nova, no número de telefone que esqueci de copiar no celular, nas Havainas preta e branca, no copo azul, na pasta vermelha, nos chás guardados no armário, na coca-cola na geladeira, no cheiro do sabonete, na toalha atrás da porta, no lençol preferido que agora é meu, que agora é nosso. Porque ele diz que preciso me conjugar no plural e eu escolho o verbo com-par-ti-lhar.

Ele vai, mas fica cada vez mais em mim.

4 comentários:

Tatit disse...

:)

Aline disse...

Por aqui também existe alguém que sempre vai, e sempre fica.

TV de Plasma disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the TV de Plasma, I hope you enjoy. The address is http://tv-de-plasma.blogspot.com. A hug.

Lu (- . -)... disse...

Toda partida é a chegada da saudade...
E o anseio de um reencontro...
Coisinhas simples e boas por demais da conta...
Até a volta... até a próxima... até um dia...
Valeu!:)...