segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Queria silenciar o pensamento.

Que grita aqui dentro. Grita tão alto que faz a cabeça latejar no mesmo ritmo, que não serve para dança, que não tem nada de música, que arranha as paredes e arrepia a pele. De repulsa.

2 comentários:

Sinto que sei que sou.... disse...

Eh pensamentos ás vezes dão nauseas arrepiantes...

Briza disse...

né?